Dyogo Oliveira

Katherine Bersch

É pós-doutoranda no Centro de Democracia, Desenvolvimento e Estado de Direito da Universidade de Stanford. Sua pesquisa está focada na reforma da governança e na capacidade do Estado, com ênfase na América Latina. Emprega uma variedade de métodos de pesquisa para entender as condições políticas em que são bem-sucedidas e duradouras as políticas públicas destinadas a reduzir a corrupção, aumentar a transparência e aumentar a responsabilidade. Seu trabalho foi publicado e está disponível nas revistas Comparative Politics, Governance, European Journal of Development Research, Information Polity, e no volume editado por Miguel Centeno, Atul Kohli, e Deborah Yashar com Dinsha Mistree, States in the Developing World. Recebeu o Prêmio LAPIS 2015 da Associação de Estudos Latino-Americanos para seu artigo sobre a capacidade do Estado, com Sérgio Praça e Matthew M. Taylor, e sua pesquisa foi apoiada por bolsas da Fulfright IIE, Boren Fellowship da National Security Education Program, Eisenhower-Roberts, Mike Hogg Endowed Fellowship da Universidade do Texas e um prêmio da National PEO Scholar. Tem doutorado em Governo pela Universidade do Texas, em Austin.